A importância de estar preparado para os processos seletivos para enfermeiro auditor.

Será que o enfermeiro que já é auditor ou aquele que quer ser, está preparado para os processos seletivos?

 

Como estou nesta área de ensino e principalmente como atuei por muito tempo na auditoria, muitos enfermeiros têm me perguntado o que devem estudar antes de passar por um processo seletivo. 

 

Para cada lugar se têm uma forma de seleção. Uns passam só por processos com psicólogos e gestores e outros também fazem prova específica na área. Me lembro de uma enfermeira contar que em um dos processos seletivos teve que montar uma conta inteira. Fiquei com pena destes enfermeiros que passaram por isso, já que é muito difícil, eu sofro quando tenho que montar uma conta em cima de um prontuário e tabela para dar minhas aulas práticas. 

 

Já recebi pedidos de gestores para montar prova específica para processo seletivo de enfermeiro auditor, mas mesmo assim são pouquíssimos lugares que realizam um processo com perguntas ou provas tão específicas. Lembro de ter passado por um processo em que o enfermeiro da educação continuada me fez tantas perguntas especificas que até me questionei se os demais candidatos saberiam responder. Foi bem divertido este processo, pois eu respondia tudo e acredito que até surpreendi ele , mas isso se deu por conta dos meus 9 anos como professora que me prepararam pra isso. Montar um processo todo de cobrança, responder tantas perguntas especificas  ... Seria necessário passar por tudo isso?

 

Acredito que independente da forma como é feita a seleção o enfermeiro precisa estar preparado e digo não só tecnicamente , mas principalmente conseguir se expressar no momento da entrevista e “conquistar” o recrutador. E indo um pouco mais além, saber qual área gosta de atuar e se preparar para isto. Quantos ficam atirando pra tudo que é lado sem ter um foco?

 

Mais do que ter competências técnicas, comportamentais é preciso conseguir se mostrar para este mundo de recrutadores. Tantas pessoas no mercado de trabalho, tantos enfermeiros querendo a área de auditoria. Os recrutadores precisam escolher apenas algumas pessoas em meio a esta “multidão de enfermeiros” e se você não conseguir no primeiro momento , aí cito linkedin e currículo que são as principais ferramentas , vai ser bem difícil alcançar o resto.

 

Alguns vão dizer que o problema está em não ter a experiência como auditor. Sim, muitos exigem sim, mas o mercado está um pouco diferente atualmente. Já temos muitas empresas contratando sem experiência , pois acreditam que assim é melhor para “moldar” o profissional. Mesmo estas que exigem a tal da experiência e você não tem, há solução.

 

Outro ponto importante é quanto a experiência assistencial em que muitas vagas para enfermeiros auditores exigem. Acompanhando alunos no estágio prático “personal auditor” percebo que alguns se destacam mais, mesmo com pouca ou sem experiência assistencial e que outros com tanto tempo assistencial não tem o olhar de auditor. Interessante isso não é mesmo? Na hora de escolher um profissional certo para vaga certa, muitos pontos devem ser analisados e não só aspectos técnicos e comportamentais.

 

 

 

 

 

 

Leiam a mensagem que a Cibele, especialista em recrutamento  deixa para vocês sobre esse tema : 

 

“ Imagine correr uma maratona, nadar um trecho em alto mar, participar de um triátlon, ou mesmo participar de uma simples corrida de 5 mil metros em um final de semana. Isso pode ser simples, complicado ou muito complicado, depende do quanto você está preparado física e mentalmente para cada um desses desafios.

Participar de um processo seletivo atualmente não é diferente, você tem e deve estar ciente que pode encontrar pela frente apenas um recrutador ou até mesmo ser submetido a várias etapas em um processo, realizar teste psicológicos, comportamentais, dinâmicas de grupo, provas técnicas, entrevistas por competências, etc.

Como em uma competição de triátlon, você deve estar preparado para exercitar suas habilidades e competências regularmente para que no momento certo, saiba usar cada um de seus melhores atributos, ou seja, ter um currículo atualizado dentro da linguagem aceita e entendida pelos recrutadores, saber como e onde buscar oportunidades que vão de encontro ao seu interesse e que se adequam ao seu perfil além de portar-se adequadamente dentro de cada etapa do processo seletivo.

Tudo isso, faz parte de um treinamento, porém é imprescindível saber contar a sua trajetória profissional de forma correta e assertiva, dentro da metodologia utilizada para se entrevistar, comparando ao triátlon; é exatamente neste momento que você coloca em prática todo o aprendizado e treinamento, entrando na água, subindo na bicicleta e correndo em direção a chegada.

No processo seletivo é quando de fato você, coloca em prática todas as suas habilidades de forma orquestrada atingindo o melhor tempo, ou seja, ficando com a melhor vaga."

 

Temos que focar e ir em busca dos nossos sonhos, mas para isso precisamos nos preparar! 

 

Acredito que com a orientação profissional certa, com um linkedin e currículo atrativo para aquilo que almeja e conseguir se 'mostrar", destacando todo seu potencial numa entrevista são as chaves para o sucesso.

 

Quem não quer a melhor vaga e ser feliz naquilo que faz?

E você está onde gostaria ? Está realmente preparado?

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

FALE

CONOSCO

Ou ligue de segunda a sexta das 9h às 17h:  11 94481-4783 

                                                                                         

               

 

                                             

                                                            

                                           

 

  • Instagram
  • LinkedIn Social Icon
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon