• LRMG

A importância da Informática em Saúde nas atividades diárias dos Auditores

Março/2017 - Com a incorporação da tecnologia cada vez mais frequente no ambiente de trabalho do auditor, há novas ferramentas, novas áreas a serem exploradas e uma nova forma de trabalho demandando especialistas com conhecimento aprofundado da informática em saúde para utilizá-la a favor das suas atividades diárias. 


Já existem algumas referências na literatura abordando esse tema, que age em prol da área de auditoria da seguinte forma:   

um sistema inteligente baseado em regras de produção para apoiar o processo de auditoria em contas médicas para identificar situações a serem auditadas, minimizando assim o esforço despendido em auditar aquelas situações com chance menor de apresentar problemas. (1)

o desenvolvimento de um aplicativo contendo informações sobre medicamentos oncológicos para auxiliar na auditoria de medicamentos nas contas hospitalares. (2)

a informática usada para auxiliar na codificação de honorários médicos, medicamentos, materiais, como também no uso de novos sistemas para análise de contas hospitalares e na própria análise da auditoria junto ao Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP). (3)

uso de sistema informatizado para auxiliar em processos de preenchimento de impressos contidos no prontuário; sistema informatizado para realizar a pré-análise de contas hospitalares por prestadores de saúde; sistema informatizado para realizar auditoria de qualidade dos prontuários de internação; desenvolvimento de software; de consulta de medicamentos oncológicos para auxiliar na prática da auditoria em enfermagem; o uso do prontuário eletrônico (PEP) na prática da auditoria em enfermagem e o seu impacto frente ao uso do prontuário em papel e a percepção do enfermeiro auditor quanto ao PEP. (4)

A informática na prática do auditor deve facilitar, agilizar e otimizar os processos da auditoria. E para isso é preciso que tenham mais profissionais auditores especialistas em informática em saúde para que possam auxiliar no desenvolvimento de aplicativos e sistemas juntamente com a equipe de TI; é preciso que haja incentivos por parte dos gestores para que estes profissionais possam desenvolver esses sistemas ou dar ideias para melhorar suas atividades práticas; é preciso que o auditor tenha conhecimento nesta área para que possa se empenhar em fazer a diferença nas atividades diárias e alie a tecnologia a seu favor.

Pensando em tudo isso, desenvolvi o curso “Informática, Auditoria e Saúde” para que o auditor possa conhecer o que tem se falado sobre a área, o que pode ser feito para auxiliar no dia a dia, as tendências e o que está sendo utilizado atualmente. Serão abordados os seguintes temas: o cenário da Informática em Saúde, médica e de enfermagem; o uso do Prontuário Eletrônico do Paciente (PEP) com aplicação na auditoria; mudanças na forma de auditar com os sistemas informatizados; sobre a TISS e a TUSS com aplicação na auditoria .

O curso acontecerá dia 25 de março. Não perca a chance de se atualizar nesta área.

Reserve já sua vaga!


Referências

1. Araial, AMP et al . Sistema Inteligente para apoio em Auditoria de Contas Médicas. J. Health Inform. 2016 Abril-Junho; 8(2):49-56

2. Grossi LM, Pisa IT, Marin HF. Oncoaudit: desenvolvimento e avaliação de aplicativo para enfermeiros auditores. Acta Paul Enferm. 2014; 27(2):179-85.

3. Grossi LM, Ikeda EMS. Informática em saúde. In: Rodrigues Junior V, Oliveira KRD. Auditoria em saúde:contextualizando a auditoria e as boas práticas na saúde. São Paulo: Unimed do Brasil; 2013. p 105-18.

4. Grossi LM, Pisa IT, Marin HF. Tecnologia da Informaçao e Comunicacao na Auditoria em Enfermagem. J. Health Inform. 2015 Janeiro-Março; 7(1): 30-4.

Esquema-site-Cor.png
  • Facebook
  • Youtube
  • Instagram
  • Linkedin
  • Futuro-da-auditoria